Igreja Matriz do Divino Espírito Santo

Segundo a história, desde 1802, quando nossa cidade ainda era um acampamento militar, já eram realizados cultos católicos em uma capela rudimentar que existia no local onde foi construída a Igreja Matriz do Divino Espírito Santo.  Sua construção teve início em 1847, porém por falta de recursos e controvérsia quanto sua localização, sua conclusão só ocorreu em 1875, quando o Governo Provincial forneceu recursos para serem investidos na área religiosa.

Seus altares são de madeiras esculpidos a mão, possui parlatório em mármore de carrara e belíssimos vitrais. Também conta com um grande acervo mobiliário e de imagens sacras.

A igreja conserva suas linhas gerais e seu aspecto original, tanto na parte interna quanto na parte externa, o que lhe faz com que a mesma tenha grande importância arquitetônica, histórica e artística. Durante 166 anos, a manutenção realizada no templo era apenas na manutenção de telhas, o que a fez preservar sua originalidade.

Cabe ainda salientar que sua história ainda apresenta uma parte a ser desvendada, que você pode ler clicando aqui.

Desde 2011, encontra-se inapropriada para a realização de missas, e atualmente, encontra-se em restauração.

 

Fonte: Matriz do Divino Espírito Santo    Prefeitura Municipal de Jaguarão