Vereadores e o 13º salário em Jaguarão

Este texto, nada mais é que um apanhado do que vem ocorrendo em nosso município nos últimos dias. Acredito que nas redes sociais é o assunto mais comentado e debatido pela população. E com razão! Não será tratado aqui de leis, até porque não possuo formação na área, e debater este assunto como tal seria certa petulância de minha parte. Mas vamos lá!

 

Existe uma lei que permite que os vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários recebam o décimo terceiro salário. Essa lei existe desde 2003. Pois bem, de 2003 até o momento, ninguém levantou este assunto no município. E até podemos dizer que de 2003 até 2018, já vivemos momentos melhores. Digo melhores no sentido geral, com um hospital que proporcionava a comunidade um atendimento muito melhor, por exemplo. Não estou falando de infraestrutura municipal, pois este tema é recorrente em nossa cidade e acredito que existe em todos municípios, independente de quem esta governando.

Porém, quando a Câmara aprova este pagamento, e ainda, em um momento de alta fragilidade, no período de copa – onde muitos de nós estamos buscando através de jogos de futebol abstrair um pouco os problemas da nossa cidade/estado/país-, e além disso, perto de novas eleições para presidente e governador, a comunidade realmente não deixou passar. E nem deveria. Em nenhum momento.

De 9 vereadores, 8 assinaram. Apenas o Vereador Dr. Renato Baucke, que já é vereador a bons anos em nosso município, não assinou. Parabéns a ele, que mais uma vez nos mostrou sua seriedade e caráter.

Com isso a comunidade não se calou, e nem deveria. Foi para a frente da Prefeitura, para a frente da Câmara, e falou o que pensa, exigiu seus direitos. Nada mais justo, já que estes oito que votaram a favor e nosso prefeito, estão exercendo o cargo através do nosso voto, do voto da comunidade. E nada mais coerente que expormos nossa indignação. Nada mais justo, que nossos representantes ouçam e repensem seus atos.

O diálogo e a troca de ideias é algo maravilhoso, para todos, em todos os momentos. Mesmo quando estamos em “lados opostos”, é bom ouvir e ser ouvido. ‘Trocar uma ideia’, muitas vezes pode agregar em nossos pensamentos, em ver o lado do outro.

Agora a bancada do PT pretende apresentar novo projeto de lei, para evitar este décimo terceiro. Depois de todo protesto e comentários na cidade, pode ser uma estratégia de evitar perder votos na próxima eleição. Ou pode ser porque estão ouvindo a comunidade. Isso ninguém sabe e ninguém pode afirmar.

Devemos pensar que com tudo isso que aconteceu, todos aprendemos uma lição. E todos estamos refletindo. E refletir, pensar e debater é ótimo. Abre horizontes. Agora é aguardar o desenrolar desta história.