Festival Jaguarão em dança acontece nos dias 29 e 30 de abril

No dias 29 e 30 de abril ocorre a 2ª edição do Festival Jaguarão em Dança. O evento é organizado pelo Instituto

Cultural e Esportivo Maktub e realizado pelo Ayuni Studio de Dança. Também conta com o apoio do SESC, Secretaria de Cultura (Secult) e Prefeitura Municipal de Jaguarão.

Podem competir bailarinos independentes, escolas, companhias e grupos de dança do estado do Rio Grande do Sul, Brasil e países do Mercosul. As inscrições foram encerradas no dia 20 de abril.

Além disso, na sexta-feira (28/04) que antecede o evento, o Ayuni Studio de Dança também reapresentará seu espetáculo: “Oceano: Uma viagem ao fundo do mar”.

Os dois eventos vão ser no Teatro Esperança, e os ingressos já estão a venda no Ayuni Studio de Dança e na escola de dança Mandala (Rio Branco). Os valores são os seguintes:

  • Pacote para as 3 noites: R$ 30,00
  • Ingresso para espetáculo Oceano: R$ 10,00
  • Ingresso Jaguarão em Dança: R$ 15,00 (sábado)
  • Ingresso Jaguarão em Dança: R$ 15,00 (domingo)

O espetáculo Oceano está imperdível, com coreografias lindas e um cenário que faz nos sentirmos no fundo do mar. Para quem ainda não viu vale a pena conferir e quem já assistiu sabe que vale a pena ver novamente.

A respeito do Festival Jaguarão em Dança, podemos esperar competidores das mais diversas cidades do Rio Grande do Sul, como também de outros países como Uruguai e Argentina. Ou seja, terá companhias com coreografias e estilos diversificados e maravilhosos. Um prato cheio para o fim de semana.

 

Maiores informações: http://www.luizaaraujo.com.br/es/fjd/

________________________________________________________________________________

Ayuni Studio de Dança:

Imagem: Logotipo de 10 anos do Ayuni Studio de Dança. Fonte: http://www.luizaaraujo.com.br/es/asd/

Em março de 2006 nascia em Jaguarão uma nova proposta em Escola de Dança, disposta a mudar a filosofia de ensino que perdurava em nossa cidade.  A ideia era simples, mas de extrema responsabilidade: oferecer um ensino de qualidade e manter o aluno em destaque, proporcionando todas as possibilidades dentro da sua modalidade, aquilo que por experiência própria a professora e bailarina Luiza Araujo sentiu falta em algumas escolas que estudou. Logo os alunos foram surgindo e começaram os trabalhos no Ayuni Studio de Dança, aos poucos os “pré-conceitos” foram se desfazendo e a ideia tornava-se realidade.

A Câmara de Vereadores de Jaguarão reconheceu por diversas vezes o trabalho desenvolvido pelo Ayuni Studio de Dança e sua Professora Luiza  Araujo que se destacam em diversos Festivais Nacionais e Internacionais, levando o nome da cidade mais longe.

 

Instituto Cultural e Esportivo Maktub:

Imagem: Logo do Instituto Maktub. Fonte: http://www.luizaaraujo.com.br/es/asd/icem-4/

A história do Instituto Cultural e Esportivo Maktub inicia muito antes de sua oficialização e registro legal. Desde a abertura do Ayuni Studio de Dança, de propriedade da bailarina e professora Luiza Araujo, as ações visando a inclusão social sempre fizeram parte dos valores e princípios desta entidade, concedendo bolsas integrais e parciais a crianças e adolescentes que os pais não teriam condições de cumprir com os valores de uma mensalidade, mesmo praticando valores populares. Posteriormente surgiu a solicitação por parte da mãe de uma menina com sindrome de down para praticar dança e dessa forma passou-se a realizar este trabalho inclusivo.

Assim com o crescimento das atividades sociais e culturais, o envolvimento com a sociedade e com os orgãos dos poderes públicos, também aumentou. Consequentemente a necessidade de recursos para apoio cultural na realização das atividades também, principalmente quando os espetáculos anuais, cederam lugar para um festival de dança internacional.

Haja vista a dificuldade do repasse de recursos públicos atraves de convenios com uma empresa privada, por aconselhamento da secretária municipal de cultura e turismo da cidade de Jaguarão, foi proposto a criação de uma associação cultural para que fosse possível a realização de convênios e aporte aos novos projetos que cresciam a cada ano.

Esse caminho culminou com a fundação do ICEM por parte dos integrantes do Ayuni Studio de Dança, que já formavam e trabalhavamo em todas as atividades realizadas e organizadas até os dias atuais. Mais do que a oficialização do Instituto, os objetivos e finalidades já eram o norteador do trabalho deste grupo, que passou a ser oficializado com o registro legal de funcionamento.

Portanto as ações do Instituto Maktub, não nasceram quando de sua oficialização, mas principalmente do trabalho cultural e social de seus integrantes, sendo impossível definir o ponto onde termina o trabalho de um e começa de outro. Em 2014, este mesmo grupo presidiu uma escola de samba da cidade, aproximadamente 2 meses antes do desfile, conseguindo o bicampeonato do carnaval de forma absoluta.

 

Fonte: http://www.luizaaraujo.com.br/