Carnaval de Jaguarão: Conheça um pouco mais da nossa história

Carnaval de Jaguarão?

Atualizado: 03/12/2018

Foto: Mascarados no carnaval do ano 2000 na avenida 27 de Janeiro. Fonte: Acervo pessoal.

Marca registrada da cidade. Não digo isso porque agora nosso município é conhecido no estado como “Salvador do Sul”. Sim, atualmente os moldes de nosso carnaval lembram muito o que é visto na televisão como Carnaval de Salvador, que, diga-se de passagem, é um carnaval bem tradicional e de sucesso indiscutível.

 

Mas o carnaval de Jaguarão não contou sempre com trio elétricos e millhares de abadás na ruas.
Não posso comentar com propriedade sobre o carnaval dos anos 60, 70, 80, já que não vivi essa época. A partir dos anos 90 posso falar com prazer e conhecimento de causa.

 

Pelo que ouvi falar, Jaguarão sempre teve seu charme carnavalesco. O carnaval foi sempre muito animado por aqui, contando com a presença de muitos mascarados e pessoas fantasiadas na avenida, que sempre divertiam quem assistia na calçada. Divertiam? Sim, divertiam, pois muitos libertavam seu lado palhaço e animavam a avenida.

 

Foto: Rei Momo (Sandro Calvetti), Porta Bandeira Estrela D’Alva (Mocinha) e Mestre Sala da Estrela D’Alva (Veríssimo). / Fonte: Acervo Sandro Calvetti.

E pra quem não sabe quem eram os mascarados jaguarenses, vou contar para vocês: eram pessoas com roupas que cobriam o corpo todo e que faziam suas máscaras com tecidos (geralmente fronhas) e saiam na avenida. Claro que também tinham uns mais modernos com as máscaras de plástico.

 

Rei momo, rainhas e princesas sempre estiveram presentes em nossa festa, lembrando sempre o saudoso Eli Espirito Santo, consagrado pelos antigos como um dos melhores Reis Momos de Jaguarão. Também tivemos outros reis momos famosos como Sandro Calvetti, Antonio Cardoso Gonçalves, entre outros. Não tem como não lembrar da Dona Mocinha e Seu Veríssimo, porta bandeira e mestre sala da Estrela D’Alva que por muitos e muitos anos desfilaram seu charme e samba no pé na avenida 27 de Janeiro.

 

Lembro também de um moço que nos anos 90 vestia-se de Charlie Chaplin, e anualmente nos agraciava as crianças com sua presença. Adém, Ana Raio, Fedegosa, Família Jeca Tatu (década de 70 – 80), um vendedor de cervejas com fantasias muito bem boladas, TV Ovo (década de 90 – anos 2000), entre outras figuras conhecidas de nossa cidade também nos agraciavam com sua presença. Muitas turmas faziam fantasias legais e iam desfilar na avenida com seu grupo.

Foto: Eli Espirito Santo e Adém dançando. Mascarados acompanhando o desfile. Fonte: Facebook

Antigamente não existiam os trios elétricos por essas bandas, mas existiam os REBOQUES que contavam com grupos com nomes e camisetas divertidas, alegrando a passarela do samba com suas músicas. Muitos dos trios que conhecemos hoje, começou com um grupo em um reboque. Claro que pelos anos 90/2000 surgiram alguns trios, não tão grandiosos como os que vemos hoje, mas “Botica” e “SAC” são inesquecíveis.

 

As escolas de samba existem desde os anos 70 pelo que sei, e sempre tiveram muitos participantes em suas agremiações, que sempre muito dedicados e envolvidos, traziam lindos desfiles para nossa 27 de janeiro. Blocos burlescos também desfilavam em nosso carnaval, e eram bem famosos, como o “Bloco do Negão” que trazia bonecos enormes dançando na avenida, Bloco da Borboleta, Rebeldes da Vila Lucas. Grupos como o Boêmios do Amor e Tremendões do Morro também animavam a avenida.

E esse pessoal que ficava nas calçadas olhava só o movimento dos foliões e os desfiles das escolas de samba? Não, é claro que não! Esperavam elas, as RAINHAS DOS CLUBES. Suburbano, Instrução, Harmonia, Carvalho, Vinte e Quatro, Caixeiral e Jaguarense sempre tinham lindas moças como suas rainhas, que desfilavam seu charme e suas lindas fantasias pela avenida e iam até seu clube para dar início ao baile de carnaval.

Foto: Rei momo (Eli Espírito Santo) e grupo Tremendões do Morro. Fonte: Facebook.

Esse é um resumo muito sucinto do nosso carnaval. É claro que tem muitas outras histórias para contar e relembrar. Saudades do nosso carnaval, boas lembranças que não merecem ser esquecidas! Por isso, manda tua lembrança pra gente por e-mail ou no Facebook. É sempre bom ouvir vocês!
Um ótimo carnaval a todos!!!

 

 

 

Abaixo confira fotos dos carnavais de Jaguarão. Agradecemos em especial ao Sandro Calvetti que foi muito generoso em compartilhar conosco suas fotos.